Emotion animado

Missão Concordia na Antártida

É verão na Antártida e a nova tripulação para a estação de pesquisa Concordia logo chegará. E já que o local possui condições adversas, eles foram treinados em cortesia pela ESA.


A base de pesquisa franco-italiana Concordia, operado na Antártica é um dos lugares mais extremos da Terra, especialmente durante o inverno longo e escuro.
Agora, durante o verão, a temperatura está em torno de -30 ° C e o sol brilha o tempo todo, mas a Antarctica irá gradualmente mostrar sua outra face à partir de fevereiro.

As temperaturas vão cair para -80 ° C e, como o posto fica no topo de um platô de gelo a uma altura de 3200 metros, a pressão do ar é um terço menor do que ao nível do mar e fina o suficiente para ameaçar a saúde da tripulação.

Aventurar-se nesta área exige não apenas agasalhos, mas também procedimentos que lembram uma caminhada espacial.

As condições ambientais são muito parecidos no planeta vermelho, assim a estação é uma versão light de uma base em Marte. Duas cúpulas abrigam 12 pessoas contra as forças da natureza, enquanto prosseguem com pesquisas científicas e testam novas tecnologias.

\"Estou cansado, desgastado\", escreveu o pesquisador da ESA Eoin Macdonald-Nethercott. Ele era um membro da tripulação anterior que passou o inverno no local. Eoin viveu e trabalhou por mais de um ano em Concórdia, antes de vir para casa em dezembro - mais tarde do que o planejado devido a vários atrasos de condições climatéricas adversas.

Eoin dentro da estação Concordia:

\"Ainda estamos contentes. Eu gosto deste lugar. É como trabalhar em um hospital, mas as moedas aqui são as responsabilidades e prioridades. E eu conheço pessoas amigáveis, talvez compartilhando uma camaradagem baseado no sentimento de que é um lugar perigoso e todos precisam de todos. Por isso, todos se ajudam e são especiais\" – revela Eoin sobre o espirito de equipe.


Além de Eoin, outro tripulante da ESA para o próximo inverno é outro britânico, Alexander Kumar. Ele vai escrever um blog em www.esa.int/concordia à partir de janeiro.

Os tripulantes são cuidadosamente e psicologicamente selecionados. Eles são totalmente isoladas de março a outubro, apenas dependentes de ligação via satélite e recursos no local. Todos eles terão de lidar com os oito meses de escuro e frio, sob condições adversas de oxigênio e locomoção. Mas estas são também as chaves para a sobrevivência e sucesso da humanidade.

Notícia publicada em 28/12/2011

Voltar

Veja Mais

Parceiros
360 Graus - Aventuras e esportes sempre ao seu redor

Aventuras e esportes sempre
ao seu redor

Instituto Monitor - Conhecimento ao seu alcance

Conhecimento ao seu alcance

Oportunidades

Livro Missão Cumprida - Conheça todos os detalhes de um voo espacial!
Conheça todos os detalhes de um
voo espacial!

Fale Conosco
Para reservas e informações sobre algum dos nossos pacotes turísticos, por favor, entre em contato das seguintes formas: Fale conosco! Sua opinião é muito importante Quero Informações Mande-nos um e-mail
  • Siga-nos
  • Curta-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Veja-nos no Linkedin
  • Entre em nossa comunidade no Orkut
COPYRIGHT 2012
Agência Marcos Pontes