Emotion animado

Busca de vida fora da Terra continua

Até agora, mais de 700 planetas foram “vistoriados” fora do nosso sistema solar, e os cientistas estão ansiosos em continuas pesquisas para saber se algum deles pode abrigar vida.

Em um novo estudo, astrobiólogos propõe dois novos sistemas de classificação planetária que poderia tornar mais fácil a conclusão sobre mundos potencialmente habitáveis​​.

Uma das novas escalas, o chamado Índice de Similaridade Terra (ESI), tomaria o rumo tradicional, categorizando semelhança de um planeta ao nosso. Isto faz sentido, dizem os pesquisadores, porque a Terra ainda é o único planeta conhecido a abrigar vida, portanto, outros mundos que se assemelham a Terra são boas apostas na busca de vida extraterrestre.

Como uma questão prática, o interesse em exoplanetas vai se concentrar inicialmente na busca de terrestres, planetas como a Terra\", explicou o líder do estudo, Dirk Schulze-Makuch, um astrobiólogo da Washington State University, em um comunicado. \"Com isso em mente, propomos um índice de similaridade Terra, que fornece uma ferramenta de triagem rápida com a qual poderá detectar exoplanetas mais semelhante à Terra.

No entanto, um segundo índice é importante. Ao procurar por planetas que poderiam abrigar vida extraterrestre, os cientistas devem ampliar suas mentes além de \"planetas como a Terra\", dizem os pesquisadores.

Notícia publicada em 24/11/2011

Voltar

Veja Mais

Parceiros
360 Graus - Aventuras e esportes sempre ao seu redor

Aventuras e esportes sempre
ao seu redor

Instituto Monitor - Conhecimento ao seu alcance

Conhecimento ao seu alcance

Oportunidades

Livro Missão Cumprida - Conheça todos os detalhes de um voo espacial!
Conheça todos os detalhes de um
voo espacial!

Fale Conosco
Para reservas e informações sobre algum dos nossos pacotes turísticos, por favor, entre em contato das seguintes formas: Fale conosco! Sua opinião é muito importante Quero Informações Mande-nos um e-mail
  • Siga-nos
  • Curta-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Veja-nos no Linkedin
  • Entre em nossa comunidade no Orkut
COPYRIGHT 2012
Agência Marcos Pontes