Emotion animado

ISS aguardo retorno de missao tripulada Soyuz

Pouco mais de dois meses após a falha no lançamento da nave de reabastecimento Progress 44P não tripulada à Estação Espacial Internacional, a Agência Federal Espacial (Russia) realizou com sucesso a acoplagem da sonda 45P Progress para a ISS, em um retorno aos vôos espaciais que abrem o caminho para a retomada das missoes tripuladas Soyuz à Estação em 14 de novembro.

45P progresso: suspiro e alívio

A chegada da nave de reabastecimento Progress 45P foi confirmada na ISS e marcou a primeira vez desde 10 de julho de 2011, que uma nave espacial, com sucesso, chegou ao laboratório internacional. A missão anterior, o vôo STS-135/ULF-7 da Space Shuttle Atlantis orbiter, a qual a agencia Aventuras Incriveis esteve presente e assistiu seu ultimo lancamento em Cabo Canaveral, marcou o final de larga escala que dos esforços de reabastecimento - um luxo só conferido pela capacidade tremenda da nave Space Shuttle - poderia ser realizada pela NASA e suas agências internacionais parceiras.

Como tal, a missão do Atlantis foi fundamental, na estocagem de quase um ano de suprimentos para a ISS e sua tripulação em constante rotação.

Assim, quando a missão Progress 44P não conseguiu atingir a órbita em 28 de agosto de 2011 - pouco mais de um mês após o fim do programa de ônibus espaciais norte-americanos - o Programa ISS e sua tripulação da Estação se viu em uma saia justa, com suprimentos suficientes para apoiar a equipe em orbita até o prazo maximo de março de 2012.

Logo, a Agência Federal Espacial Russa colocou a disposicao a família de foguetes Soyuz e afirmou que nenhum vôo - tanto tripulados ou não - teria lugar até que o problema fosse corrigido. Isto significava que o lancamento planejado para 30 de setembro de 2011 de três pessoas da tripulação da ISS por um foguete Soyuz-FG seria adiada indefinidamente.

De acordo com o porta voz oficial da NASA, \"a novidade da ISS, com a anomalia da 44P Progress, há algum risco de que a troca da próxima tripulação não vai acontecer e podemos precisa estar preparados para lidar com um período de tempo onde o ISS não tera efetivamente tripulantes a bordo.

Este e’ o resultado causado no programa espacial pela crise americana, que limitou os fundos destinados a NASA e as pesquisas espaciais, tornando os russos o único parceiro disponível para continuidade dos trabalhos na ISS para missões tripuladas.

Enquanto isso, segue em frente as iniciativas particulares, disponibilizando vôos curtos ao espaço para turistas de todas as nações que possam pagar o preço. A Aventuras Incríveis representa a referencia brasileira para os vôos suborbitais e esta aguardando o embarque de seu primeiro turista espacial, previsto para o ano que vem.

Notícia publicada em 10/11/2011

Voltar

Veja Mais

Parceiros
360 Graus - Aventuras e esportes sempre ao seu redor

Aventuras e esportes sempre
ao seu redor

Instituto Monitor - Conhecimento ao seu alcance

Conhecimento ao seu alcance

Oportunidades

Livro Missão Cumprida - Conheça todos os detalhes de um voo espacial!
Conheça todos os detalhes de um
voo espacial!

Fale Conosco
Para reservas e informações sobre algum dos nossos pacotes turísticos, por favor, entre em contato das seguintes formas: Fale conosco! Sua opinião é muito importante Quero Informações Mande-nos um e-mail
  • Siga-nos
  • Curta-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Veja-nos no Linkedin
  • Entre em nossa comunidade no Orkut
COPYRIGHT 2012
Agência Marcos Pontes