Emotion animado

Reynaldo, um brasileiro dentro da MIR

Quando se fala em Estações Espaciais, uma delas sem dúvida não foge a memória de quem mais entende do assunto. A MIR, estação espacial que significava \"Paz, mundo e universo\" em russo, havia sido contruida em pleno momento de guerra fria entre as super potências. Era nada mais que um recado soviético de que a nova Estação não tinha a pretensão de uso bélico, mas sim de uma estação de pesquisa cientifica com fins pacificos.

Os Estados Unidos tinham desativado sua estação, a Skylab, lançada em 1973, que além do altissimo custo operacional, não cumpria com o mesmo vigor os objetivos que as 6 predessessoras russas Salyut já haviam realizado. Primeiro porque no lançamento da Skylab houveram danos a sua estrutura que comprometiam todo o projeto. Somado a isso, falhas de projeto obrigaram a abreviar o fim da operação.

Os russos que acumulavam a experiência de diversas tentativas na hospedagem espacial, criaram então a MIR em 1986: simplesmente a estação espacial que mais levou pessoas ao espaço (137 pessoas, contra 9 da Skylab), mais tempo ficou em órbita (15 anos, contra apenas 6 da Skylab), e também mais experiências se realizou (14mil no total, mais do que a soma de todas as predecessoras Salyut e Skylab juntas). Praticamente todos os recordes em números foram batidos, inclusive o de maior permanência de um ser humano no espaço (438 dias do russo Polyakov).

A partir da MIR, após o fim da Guerra Fria, ônibus espaciais norte-americanos acoplaram em absoluta cooperação entre os blocos. A MIR se tornou símbolo da união entre russos e americanos, e o espaço se tornou o ambiente mais pacifico jamais existente, incluindo a integração de diversos paises da união europeia e da participação e valorização do meio acadêmico. A missão da MIR, assim como seu significado em russo, havia sido cumprida. A paz estava estabelecida em prol da ciência.

Em 2001, após a continua prorrogação de sua vida útil, a MIR foi desativada, desintegrando-se na atmosfera terrestre. Seu legado é incalculavel. A Estação Espacial Internacional - ISS existente hoje no espaço deve em muito a contribuição proporcionada pela MIR.

Mas para quem pensa que a história da MIR terminou por ai, engana-se: os russos mantiveram em segredo por muito tempo uma replica idêntica em Terra. Até pouco tempo atrás, seria impossivel qualquer pessoa não russa e sem credencial visitá-la e conhece-la por dentro. A Agência Marcos Pontes quebrou mais esta barreira, e levou ninguém menos que nosso futuro cliente brasileiro no espaço Reynaldo Ansarah, para ver de perto, tocar, sentir, conhecer este ícone da história espacial.

Ele esteve em Star City com nossa equipe e aproveitou para conhecer os simuladores da cápsula Soyus, o laboratório de flutuabilidade neutra Hydrolab, a super centrifuga CF-18, além dos principais centros de excelência e pesquisa espaciais da Rússia, de onde os cosmonautas estudam e por onde Marcos Pontes viveu 6 meses de sua vida treinando para chegar ao espaço.

Nas palavras de Reynaldo, \"foi uma experiência incrível conhecer tudo isso e poder ser o primeiro turista brasileiro a entrar na MIR. Uma honra que antes só era permitido a chefes de Estado e mesmo assim, com muitas ressalvas.\"

Parabéns ao Reynaldo, nosso turista espacial brasileiro que irá literalmente falando, longe!

Notícia publicada em 26/05/2014

Voltar

Veja Mais

Parceiros
360 Graus - Aventuras e esportes sempre ao seu redor

Aventuras e esportes sempre
ao seu redor

Instituto Monitor - Conhecimento ao seu alcance

Conhecimento ao seu alcance

Oportunidades

Livro Missão Cumprida - Conheça todos os detalhes de um voo espacial!
Conheça todos os detalhes de um
voo espacial!

Fale Conosco
Para reservas e informações sobre algum dos nossos pacotes turísticos, por favor, entre em contato das seguintes formas: Fale conosco! Sua opinião é muito importante Quero Informações Mande-nos um e-mail
  • Siga-nos
  • Curta-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Veja-nos no Linkedin
  • Entre em nossa comunidade no Orkut
COPYRIGHT 2012
Agência Marcos Pontes