Emotion animado

Uma Verdadeira Paixão Pela Aviação

É normal aqui na Agência Marcos Pontes, recebermos muitos fãs de nosso querido astronauta e fãs da aviação em geral. Um caso em específico nos sensibilizou. Segue abaixo nossa entrevista com esta criança tão especial pra nós, como todos fãs e clientes já atendidos, e a qual nos trás grande orgulho e motivação para continuarmos nosso trabalho:

Quem é o Lucas?

Resposta: Sou um menino gaúcho que reside em São Paulo. Tenho doze anos, estou no oitavo ano e sou um entusiasta da Aviação. Meu sonho é ser piloto. Coleciono tudo sobre a aviação. Qualquer coisa mesmo. Gosto de brincar, jogar game e ir no cinema. Sou uma criança normal. Mas que ama a aviação.

Como começou sua paixão pela Aviação?

Resposta: desde pequeno sou apaixonado por aviões e helicópteros. Meu primeiro voo foi na barriga de minha mãe. Com seis meses fui ao Rio de Janeiro e com nove a Bahia. Depois disso nunca mais parei de voar, sou um passarinho. Hoje eu resido em São Paulo e vou duas ou três vezes por ano a Porto Alegre ver meus avós. Sempre visito a cabine e dou um abraço nos pilotos. Quando eu fiz quatro anos as aeromoças cantaram Feliz Aniversário durante a viagem. Certo dia meu pai contou a história do naufrago que foi salvo porque escreveu uma carta e colocou numa garafa e jogou ao mar. Eu tive a idéia e fiz o mesmo, mandei mais de 11.000 emails para empresas e pessoas da aviação do mundo inteiro. E deu certo. Minha história foi publicada até em revistas da aviação.

Quais suas maiores conquistas na Aviação?

Resposta: são muitas, muitas mesmas. Já visitei diversas empresas da aviação Nacional e Internacional. Dei um abraço no astronauta brasileiro e tenho relíquias do mundo inteiro.

Na sua coleção qual o item que você mais gosta?

Resposta: de tudo. Não tem um item que eu diga que eu goste mais do que os outros. Cada um tem a sua história. Alguns vieram de longe, de outros países e outros continentes. Tem maquetes pequeninas que tem o mesmo valor que uma grandona. Tudo foi enviado ou presenteado com muito carinho e guardo tudo. Tenho tanta coisa que hoje o problema é onde guardar.

O que tem na sua coleção?

Resposta: tem de tudo um pouco sobre aviões e helicópeteros. Tem chinelos, lápis, dezenas de canetas, régua, mouse, chaveiro, batom, pad mouse, crachá, quase cinquenta maquetes, mais de trinta bonés, mais de vinte camisetas, oito livros, dezenas de revistas, dezenas de botons, pin, porta cartão, baralho, bolsa, carteiras, mochila, canecos, garrafas, protetor dos olhos, enfeites e muito mais.

Qual o presente mais exótico?

Resposta: são alguns. Por exemplo um sorvete fabricado na Nasa que ganhei do Marcos Pontes. Ele é solido e em contato com a saliva desmancha e fica gelado, não tive coragem de abrir ele. Tem uma carta e a primeira maquete da coleção, foi enviada pelo Comandante Rolin, ainda quando eu era bebe. Tem um email que recebi do Presidente da Tam que é uma lição de vida. São coisas simples, mas que tem grande valor sentimental. Tem um livro que foi enviado dos Estados Unidos que conta a história da vida do Santos Dumont, curiosamente de onde questionam que o primeiro voo tenha sido do Santos Dumont. As vezes eu penso se Santos Dumont e outras pessoas não tivessem sonhado, hoje talvez nem tivéssemos os aviões.

O que falta na sua coleção?

Resposta: falta muita coisa. Principalmente um avião que meu pai não deixou eu arrematar no leilão da Vasp ou da Varig. Já pensou se eu pudesse morar em Congonhas, dentro de um avião de verdade? Falta eu visitar algumas empresas como Esquadrilha da Fumaça e a Embraer. Falta a obra “MISSÃO COMPRIDA – A HISTÓRIA COMPLETA DA PRIMEIRA MISSAO ESPACIAL BRASILEIRA”. Falta até uma cristaleira para eu guardar tudo. Mas devagar vou chegando lá.

Nestas visitas o que você mais aprendeu?

Resposta: várias pessoas me disseram para eu nunca dessistir dos meus sonhos! Até parece demagogia. Mas, eu com doze anos quem diria que já teria visitado tantas empresas da aviação. Fui recebido por presidentes, diretores e gerentes destas empresas. Aprendi também que para ser alguém terei que estudar muito, mas muito mesmo. E na aviação estudar mais ainda idiomas, principalmente inglês. Aprendi que por tras do check-in tem muitas outras coisas. Aviação não é somente despachar a mala e embarcar. Tem uma enorme e complexa rotina.

Qual sua maior façanha?

Resposta: essa é fácil. Foi ter pilotado vários simuladores em empresas que já visitei. Em especial no Museu da Tam. Fui convidado pelo Sr. João Amaro. Lá, tem dois simuladores de caças e é possível fazer uma batalha entre os dois. Pousei o meu caça quatro vezes com perfeição e inclusive num porta aviões.Outra façanha foi numa Academia da Aviação ter aberto a porta de um avião e ter descido pela esteira de emergênica, num curso de brigadista.

Você já perdeu algum dos presentes?

Resposta: ganhei esse ano um voo de ultra leve. Meus pais não deixaram eu voar. Vou ter que esperar até os 18 anos e também vou ter que esperar até os 16 para visitar a Labasse.

Qual programa para você é imperdível?

Resposta: esta é fácil também. É ir todos os anos no Campo de Marte no Dia da Asa. No ano passado fomos em baixo de chuva, sai de lá enxarcado. Mas valeu a pena. Todos os anos encontro lá a Marta Bognar, a mais famosa wingwalker do Brasil.

Qual o último presente que recebeu?

Resposta: É comum chegar alguma coisa todos os meses. Tem época que chega toda semana. É emocionante abrir os pacotes que recebo, nunca sei o que tem dentro. Minha última conquista foi a publicação de minha mensagem na Revista Aeromagazine que deve chegar nas bancas este mês.

Quem quiser conhecer um pouco mais de você como pode fazer?

Resposta: eu tenho um blog amador. Lá tem tudo isso e muito mais. Quem acessar pode mandar um email. Meu blog é http://ser-paizao.blogspot.com.br. O blog já teve mais de 3.000 acessos em mais de trinta países. É pouco, mas eu fico espantado com a quantidade de acessos e respostas que recebo de incentivo.

Quais seus sonhos?

Resposta: são muitos. Gostaria de visitar a Esquadrilha da Fumaça e a Embraer. Claro, gostaria de ir na Disney, qual criança não gostaria? Quando eu for piloto, ai eu vou poder ir na Disney. E por último, meu sonho é ser Piloto.

Qual mensagem você gostaria de deixar ?

Resposta: Nunca deixe de sonhar e Nunca desista dos seus sonhos.

Notícia publicada em 18/10/2012

Voltar

Veja Mais

Parceiros
360 Graus - Aventuras e esportes sempre ao seu redor

Aventuras e esportes sempre
ao seu redor

Instituto Monitor - Conhecimento ao seu alcance

Conhecimento ao seu alcance

Oportunidades

Livro Missão Cumprida - Conheça todos os detalhes de um voo espacial!
Conheça todos os detalhes de um
voo espacial!

Fale Conosco
Para reservas e informações sobre algum dos nossos pacotes turísticos, por favor, entre em contato das seguintes formas: Fale conosco! Sua opinião é muito importante Quero Informações Mande-nos um e-mail
  • Siga-nos
  • Curta-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Veja-nos no Linkedin
  • Entre em nossa comunidade no Orkut
COPYRIGHT 2012
Agência Marcos Pontes